Arure & Modern Fusion Belly Dance

0
19
views
O ano era 2006 quando o francês Arure descobriu a música eletrônica, depois de um conservatório de música clássica e jazz. Multi-instrumentista e amante da improvisação, trabalhou em concertos em vários cafés antes de começar a compor em seu próprio estúdio-casa.

Em 2008, lançou o álbum “Reach The Frequency” com um mix de gravações em microfones digitais e sintetizadores, criando músicas rítmicas e sutis, que oscilam entre os estilos dub e jazz. Este primeiro álbum foi sua porta de entrada para realizar shows de abertura em todo o leste da França. Em 2011, Arure concebeu “Reality Exceeds The Fiction”, mais uma vez em seu estúdio-casa, com participação de Holly Six e DJ Frogg na bateria.
Mas foi em 2012, com o lançamento da EP “Mecanic Puppet”, que o músico caiu nas graças das tribaldancers. Rachel Brice, Moria ChappellJoline Andrade e Illan Riviére foram algumas das personalidades que dançaram Arure.
Rachel Brice dança “Mecanic Puppet” (2012) no Tribal Fest 13
Em 2013, surge “Found Objects”, com base em sons de objetos do cotidiano, seguido de “Aymara”, em 2014, cujos sons partem de druns e bass. Ainda em 2014, Arure compõe “Mead by The Fire” em colaboração com o grupo americano Audeka, misturado sons medievais e dubstep.

Joline Andrade dança “Put A Little Bit Of Magic All Around You” (Found Objects, 2014)
E então, Rachel Brice entra em cena para inspirar-lhe através de uma ideia. Desta ideia, o álbum digital “Ananta” é revelado ao público em 2015, considerado o primeiro EP concebido especialmente para o estilo moderno de Tribal Fusion Belly Dance. O álbum mescla quatro ritmos orientais tradicionais (Saidi, Baladi, Ayoub e Samai) com sons electro.

Um segundo projeto foi lançado no mesmo ano em colaboração com a bailarina francesa de Indian Fusion, Delphine Amice (O’Bhakti Co.), com a LP “Moksha.

Delphine Amice dança “Pranam” (2015)
Em janeiro deste ano (2016), Arure lançou sua primeira faixa composta em colaboração com Mathew Conley, “Creatures”, disponível para download free no site do músico. E agora, o que esperar dos seus próximos lançamentos?
Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here